15 maiores Fusões e Aquisições em 2014, envolvendo empresas brasileiras.

As 15 maiores transações de M&A realizadas em 2014, envolvendo empresas brasileiras – com valores divulgados – deverá representar cerca de dois terços do total dos montantes envolvidos em mais de 700 operações neste ano.
Os setores de Telecomunicações e Instituições Financeiras são os mais expressivos, respondendo por cerca de 41% e 25% do total dos recursos envolvidos nas Top 15.

Abaixo a relação das transações mais relevantes captadas pelo Blog Fusões & Aquisições, em 2014.

# 15 - American Tower Corporation e BR Towers – R$ 2,18 bilhões
GP Investments vende BR Towers à American Tower. O negócio tem custo de R$2,18 bilhões

# 14 - Qatar Petroleum International e Royal Dutch Shell –  R$ 2,4 bilhões
Shell vende 23% de offshore no Brasil por US$ 1 bilhão para Qatar Petroleum International

# 13 - Banco Safra compra Gherkin  IVG Immobilien R$ 3,0 bilhões
Banco Safra compra arranha-céu londrino Gherkin por R$ 3 bi

# 12 - American Tower do Brasile a Tim Participações TCEL – R$ 3,0 bilhões
TIM aprova venda de até 6.481 torres para American Tower do Brasil por cerca de R$ 3 bilhões

# 11 - Cutrale e Safra compram Chiquita – R$ 3,12 bilhões
O Grupo Cutrale e Safra adquire Chiquita em acordo de US$ 1,3 bilhão.

# 10 – JBS Grupo Primo Smallgoods – R$ 3,13 bilhões
BS fecha compra do Grupo Primo na Austrália por 1,25 bilhão de dólares

# 9 – Global Logistic Properties (GLP) e BR Properties – R$ 3,18 bilhões
BR Properties vende imóveis para o grupo Global Logistic Properties por R$ 3,18 bilhões.

# 8 – VM Holding Votorantim Andina Metais-Cajamarquilla –  R$ 3,4 bilhões
Votorantim Andina vende Metais-Cajamarquilla a VM Holding por US$ 1,48 bilhão

# 7 – BTG Pactual e BSI Assicurazioni Generali R$ 3,95 bilhões
BTG Pactual compra do banco suíço por US$ 1,68 bilhão (cerca de R$ 4 bilhões)

# 6 – Rumo Cosan ALL – R$ 11,0 bilhões
Conselho da ALL aprova proposta para fusão com Rumo avaliada em cerca de R$ 11 bilhões

# 5 – BB e Cielo – R$ 11,6 bilhões
BB e Cielo criam joint venture de R$11,6 bi para transações com cartões

# 4 – Credores participam da reestruturação da dívida da empresa OGPar OGX R$ 13,8 bilhões
OGPar, antiga OGX, aprovou converter em ações os R$ 13,8 bilhões de dívidas da petroleira 

# 3 – Santander e Santander Brasil – R$ 14,43 bilhões
Banco Santander realizou oferta para aquisição de participação minoritária no Santander Br

# 2 – Telefônica Brasile GVT Vivendi – R$ 21,8 bilhões
Vivendi fecha acordo de US$9,3 bi com Telefónica para venda de GVT

# 1  – Altice e Oi –  R$ 22,9 bilhões
Conselho da Oi confirma acordo para venda de ativos portugueses por 7,4 bilhões de euros

Caso os montantes tivessem sido divulgados, possivelmente participariam desta relação as operações envolvendo a venda pela  Família Bertin de  fatia do JBS para irmãos Batista, bem como a fusão da Holcim e Lafarge criando gigante do cimento (referente a parte das unidades industriais brasileiras). Autor Ruy Moura. Leia mais no Blog Fusões e Aquisições 24/12/2014.

from Fusões & Aquisições http://ift.tt/1A6xxv7
via IFTTT